CONHEÇA O MERCADO FOREX E DESCUBRA COMO FUNCIONA.

capa_posts_oque_e_forex

Você sabe o que é Forex? Se não o conhece, provavelmente já ouviu falar. Forex é uma abreviação para Foreign Exchange Market que significa moeda estrangeira.  O Forex foi criado em 1971 e é o maior mercado do mundo, tem valores superiores a 4 trilhões de dólares negociados diariamente e funciona 24 horas por dia.

Afinal, o que é Mercado Forex?

É basicamente a compra de uma moeda pela venda de outra. As moedas são negociadas em pares, por exemplo, o Euro e o Dólar. Ou seja, o investidor compra na realidade a relação monetária entre eles, e não o Euro e o Dólar físicos.

Com o movimento das taxas e do valor relativo entre as moedas, podem ser organizadas diferentes formas de investimentos que resultarão em lucros ou prejuízos. A cotação das moedas, normalmente, não varia de forma abrupta em curtos intervalos de tempo, e isso causa incerteza a respeito de lucros altos, que diversas vezes estão associados às ofertas de investimentos no Forex.

É possível ter lucros no Mercado Forex?

Depende da “margem”. Como a operação é liquidada pela diferença entre a valorização de moedas distintas, não é preciso que o investidor tenha disponível toda a quantia de recursos utilizados na operação.

O Forex disponibiliza que seja depositada apenas uma “margem” para suprir as variações diárias dos pares de moedas. Esse mecanismo possibilita a realização de maiores lucros ou maiores perdas. Isso porque, como o valor que se negocia em um dado investimento é multiplicado, logo os resultados poderão ser positivos ou negativos.

Dessa forma, o menos arriscado é negociar usando uma pequena margem disponível, pois, caso haja uma mudança de mercado, as perdas não serão tão elevadas.  Se você deseja investir no Forex precisará escolher uma boa corretora, levando em conta que o mercado é descentrado, fazer uma escolha certa é imprescindível.

Segundo Marcello Vieira do curso do Investidor do Sucesso, o melhor país para abrir uma conta é no Reino Unido (Inglaterra), Pois além de Londres ser o maior mercado financeiro de Forex, é um país de uma rígida fiscalização sobre as corretoras de valores, feita pelo FCA (Financial Conduct Authority).

As corretoras pertencem as FSCS (Financial Services Compensation Sheme) que tem função parecida com o Fundo Garantidor de crédito (FGC) daqui no Brasil. O FSCS é mantido pelas instituições para na ocorrência de alguma corretora falir, ela garantirá a reposição ao cliente em até 50 mil libras, em média 292 mil reais, por CPF por corretora.

Forex, quais são os seus riscos?

Além já de poder ter grandes perdas, acrescentam-se outros riscos como a informalidade a falta de regulamentação. O Forex é um mercado online, com movimentações entre diversas instituições. Difere-se do mercado de ações em que as operações na bolsa de valores são centralizadas.

As corretoras do Mercado Forex onde são feitas as operações, são registradas pelos próprios países de atuação, isso significa que você precisar abrir uma conta em outro país, mandar o seu dinheiro para lá, então ficará sujeito as normas deles e isso poderá desencadear problemas como:

  • Os seus dados podem ser utilizados para outro fim por uma empresa ilegal ou de atuação ilícita;
  • Estará sujeito a manipulações de preços, e atividade de hackers por se tratar de uma empresa virtual,
  • Sem registro da CVM, não há garantia da veracidade das empresas ou se o corretor existe, o que o torna sujeito a golpes ou fraudes.

Por fim, não se esqueça de analisar todas as vantagens e desvantagens do Mercado Forex, e redobrar o cuidado antes de qualquer tipo de investimento. Agora que você já sabe de tudo sobre o Forex curta nossa página no Facebook e compartilhe este artigo para que seja útil para mais pessoas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *